sexta-feira, 7 de junho de 2013

Multidões no Vale da Decisão

Para "gente grande"!

LEITURA INTRODUTÓRIA
Joel 3:14

"Multidões, multidões, no Vale da Decisão..."

VALE: 
Depressão ou planície entre montanhas.
Um exemplo é o Vale de Siquém - Ali Abraão e Jacó levantaram altares.
O altar era:

  • para adorar a Deus.
  • estabelecer pactos com Ele.
  • celebrar alianças.
  • deixar marcos.
Quem está neste vale tem a visão da Bênção e da Maldição.
Gerizim (monte da bênção) - fértil.
Ebal (Maldição) - rochoso e estéril.
O altar foi levantado entre a bênção e a maldição: num local de decisão.

ENTRAMOS NA MENSAGEM...
O Vale da Decisão que trata o texto introdutório na verdade não é Siquém, mas sim, CEDRON
Cedron estava entre Jerusalém e o Monte das Oliveiras.

JERUSALÉM:
Representa o lugar de paz, habitação segura.
Jerusalém foi onde a Igreja surgiu, confortável, no ninho.
Onde o povo recebeu Jesus como Rei.
Onde o povo sentou para ouvir as parábolas.
Onde Jesus foi crucificado.
Jesus chorou ao ver Jerusalém de longe (Lc 19:41)
Você está em Jerusalém - lugar de conforto!

MONTE DAS OLIVEIRAS:
Lugar de adoração: 2 Sm 15:32 (Davi fugindo de Absalão)
Onde Jesus se retirava a noite - a intimidade da oração.
Lugar de defesa do Senhor ao seu povo - Zc 14:4
O Monte nos faz lembrar lugar de refúgio, renovo e comunhão com Deus.
Também representa a unção (óleo fruto das oliveiras)

Para alcançar o Monte, decisões devem ser tomadas...
Vales devem ser atravessados...
É preciso sair de Jerusalém, passar pelo Vale e chegar ao Monte!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário